Instagram: veja as principais novidades anunciadas e o que esperar do futuro

Compartilhar

Voiced by Amazon Polly

2021 foi um ano de muitas mudanças e novidades para os usuários do Instagram e os próximos meses prometem novos recursos e funcionalidades para atender os pedidos de quem usa a plataforma para trabalhar, se informar, manter contato com leads e como entretenimento.

Interatividade e colaboração foram as palavras que nortearam boa parte dessas mudanças. O objetivo do Instagram, como antecipou o diretor da rede, Adam Mosseri, é que as pessoas tenham mais facilidade para navegar pelos features que mais utilizam, como as mensagens, os vídeos de Reels e o compartilhamento de posts e links. 

Outro anúncio também feito por Mosseri é que o Instagram quer dar mais controle aos usuários, permitindo ampla customização do que querem ver e do que não desejam em suas redes. 

Mas, antes de falarmos do que ainda está por vir, vamos listar as principais novidades que já foram implementadas, a resposta do público e onde o Instagram quer chegar.

Menos fotos, mais vídeos

Uma das primeiras alterações anunciadas que causou alvoroço na internet no semestre passado foi a frase “O Instagram não é mais um app de fotos”. Isso não significa dizer que esse formato perdeu totalmente seu espaço, mas para comunicar e alcançar mais pessoas os posts em formato de vídeo se mostraram mais eficazes, principalmente se for alcance orgânico.

Os criadores de conteúdo mais antigos e os influenciadores no Instagram até tentaram resistir num primeiro momento, mas hoje já vemos essa grande transformação. Conteúdos com grande volume de informação funcionam muito melhor e com recursos audiovisuais. 

Nesse mesmo contexto, além de dar mais destaque e visibilidade aos vídeos, o app também adicionou a possibilidade de incluir músicas em posts de feed, liberou stories de até 60 segundos para algumas contas, mudou as maneiras de compartilhamento de links nos stories e acrescentou novos recursos às lives, como a possibilidade de apoiar criadores a partir dos selos.

Colabs

Também está ativo o recurso de conteúdo colaborativo, permitindo que posts sejam criados em conjunto. Um influenciador e uma marca, por exemplo, podem compartilhar da mesma publicação, sem precisar de repostagem e ainda é informado no conteúdo que ele é colaborativo. É uma ótima ferramenta para quem deseja expandir alcance e atingir outros públicos.

Mais controle aos usuários

Dentre as principais mudanças que estão às mãos dos usuários:

– Feed com três abas (cronológico, por algoritmos e favoritos). Essa demanda atende quem sempre reclamou quando o app deixou de mostrar posts na ordem em que eram postados, permitindo escolher contas para acompanhar sem perder nada, ou se deixar levar pelas sugestões feitas a partir do que o Instagram lê a partir do comportamento do usuário.

– Edição de posts com carrossel. Agora não é preciso apagar todas as imagens do carrossel para corrigir um erro, basta editar e excluir a foto específica.

O que vêm por aí

• Controle parental. Menores de 18 anos que utilizam a rede social terão a possibilidade de denunciar contas que apresentarem comportamento inadequado (mensagens com conotação sexual, bullying, discurso de ódio,etc) e os responsáveis por esses adolescentes terão também mais controle do tempo de uso e tipo de conteúdo acessado.

• Stories por assinatura. A princípio funcionará, apenas com um grupo seleto de criadores nos EUA. A ideia é permitir que seguidores tenham acesso a um conteúdo exclusivo a partir de assinaturas pagas.

• Adaptação de conteúdo. Conteúdos espontâneos e com bom engajamento nos stories poderão agora ser transformados em reels com muita facilidade, através de uma ferramenta de edição e montagem de vídeos.

• Vídeos com a cara da rede social vizinha. Os desafios e duelos já famosos no TikTok vão agora integrar a lista de funções do Instagram também.

Leia também

Rua José Alves Garcia, 415

Bairro Brasil

Uberlândia-MG

Brasil

Conecte-se com a gente:

© Copyright 2021 | Todos os direitos reservados Algar Telecom